#voo Consciente 

 A regulamentação dos popularmente chamados drones, essa ferramenta fantástica que é o VANT (Veiculo aéreo não tripulado), somente entrou em vigor em 3 de maio de 2017. Causando uma difusão muito forte ao uso desses equipamentos de forma indiscriminada e irresponsável

Por conta dessa difusão e mau uso desses equipamentos, ocorreram, no mundo inteiro,  eventos que causaram riscos a saúde e integridade humana de escala muitas vezes destrutivas. Devido a isso, é notório a percepção da necessidade de entendimento das normas, regras, solicitações e analises para  uso desses equipamentos no espaço aéreo brasileiro e mundial.

A GO UP Drones, preocupa-se em manter o espaço aéreo regulado e seguro junto a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e o DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo) orientando seus clientes e colaboradores a operar de forma segura.

Busque um profissional que segue as normas básicas da operação de drones no brasil

 Alguns documentos essenciais ao operador são:

 - Equipamento homologado na ANATEL;

 - Cadastro Sisant na da aéronave/piloto ANAC;

 - Solicitar autorização de voo no DECEA;

 - Seguro obrigatório RETA (Responsabilidades do Explorador ou Transportador Aéreo) ;

 - Analise de risco Operacional para cada levantamento aéreo.

E muito mais!

Confira na integra todos os pontos mais importantes da regulamentação de acordo com o DECEA.